Somos os Acólitos da Paróquia de Santo André, Barreiro

O nosso serviço é, na celebração da liturgia, acompanhar todos os participantes, para os servir e ajudar.

O que é ser um acólito?

A palavra acólito vem do verbo acolitar, que significa acompanhar no caminho. O ácolito é então aquele que, na celebração da liturgia, precede, vai ao lado, ou segue outras pessoas, para as servir e ajudar.

Mas quem é que o acólito acompanha e serve? Primeiro, acompanha e serve o presidente da celebração da Missa, seja ele o bispo ou presbítero. Acompanha e serve também o diácono, o ministro extraordinário da comunhão ou outras pessoas que precisem ser ajudadas durante a celebração.

No fundo, o acólito está a acompanhar e servir o próprio Jesus. Cada acólito tem de ir descobrindo isto com o tempo e a sua caminhada, senão corre o risco de se cansar de ser acólito.

É da responsabilidade do acólito garantir que as celebrações sejam dignamente celebradas, seguindo o seu ritual próprio e todos os seus preceitos.

Resumindo, ser acólito é servir como aquele que serviu como ninguém: Jesus Cristo. Ele terá de ser o nosso modelo e, por isso, o acólito deve conhecer muito bem a sua vida (narrada nos Evangelhos) e imitá-lo, isto é, tentar ser como Ele foi: Amar como Jesus amou, pensar como Jesus pensou, falar como Jesus falou, viver como Jesus viveu, sentir como Jesus sentia.

O Colossal Calhamaço do Serviço ao Altar é um documento que foi criado para servir de apoio a todos os acólitos.

Para poder ser sempre e facilmente acessível, surge como uma web app, preparada para visualização offline, o que permite que possa ser analisada calmamente, através de um desktop, ou consultada a qualquer momento (como, por exemplo, antes de uma missa) através de um smartphone.

Visitar

O Jornal Paroquial "O Servo do Altar" é uma das ideias mais antigas deste grupo, existindo praticamente desde o seu início, em 2014.

O Jornal tem dois objetivos principais: informar os fiéis sobre a vida paroquial e angariar fundos para o grupo de acólitos.

O Jornal não deverá ser o ”jornal dos acólitos”, mas sim um jornal da paróquia, para a paróquia, preparado pelo grupo de acólitos.

O jornal tem periodicidade mensal.

servodoaltar@paroquiadesantoandre.pt